All posts by saritam

IV Ser EducAção: «É preciso uma aldeia para educar uma criança»

De 7 a 9 de Setembro, a Vila de Soajo no Gerês volta a ser palco de palestras, oficinas, jogos, vivências e experiências educativas, para miúdos e graúdos de todas as idades. É o já habitual Encontro Ser EducAção que abre agora as portas da sua quarta edição, convidando de novo todas e todos a reflectir sobre a escola que desejam ver tornar-se realidade.

MAIS INFORMAÇÃO
Website | Programa | Inscrições
Página e Evento no Facebook
Cartaz do IV Encontro Ser EducAção. Design: Nuria Barreras
Cartaz do IV Encontro Ser EducAção. Design: Nuria Barreras

Este ano o evento será brindado com a participação do afamado pedagogo e professor José Pacheco, fundador da Escola da Ponte em Santo Tirso, com uma palestra de encerramento no domingo à tarde, e também com um concerto de Rão Kyao, a abrir a programação na sexta-feira à noite, ambos na Casa do Povo.

Pelo meio não faltarão actividades de exploração de pedagogias alternativas, passando por vários espaços comunitários de Soajo – da Casa do Povo até aos Baldios, passando pela Escola Primária e Centro Social.

Inspirado no provérbio africano «é preciso uma aldeia para educar uma criança», o mote desta quarta edição é a Comunidade – tema que será explorado em frentes diversas e complementares, como explicam as organizadoras do evento da associação Moving Cause:

«Vamos explorar a Floresta-Escola circundante e experimentar a gestão comunitária de baldios, com o projeto de Mini-compartes. Vamos ter um ciclo de palestras sobre Educação em Transformação onde poderemos conhecer projectos educativos inovadores e inspiradores. Como a Comunicação é um dos grandes desafios que as comunidades encontram, vamos praticar formas de Comunicação Consciente e vamos partilhar as nossas experiências e vivências através de Oficinas de Rádio. Vamos recordar e valorizar os saberes locais reaprendendo os Jogos Tradicionais que se jogavam por estas serras e vamos pôr as mãos no barro no atelier de Cerâmica em Família

Haverá ainda sessões de yoga, meditação, culinária, música e pintura com as Aguarelas da Terra.

O encontro é organizado pela associação Moving Cause desde 2015, e conta com o apoio da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Junta de Freguesia de Soajo, Centro Social e Paroquial de Soajo, Associação de Compartes dos Baldios de Soajo, Associação Desportiva e Cultural de Soajo, Agrupamento de Escolas de Arcos de Valdevez, Casa das Artes, Casa das Brincadeiras em Construção, bombas de gasolina BP de Arcos de Valdevez para as deslocações dos convidados, e Soajeiros.

MAIS INFORMAÇÃO
Website | Programa | Inscrições
Página e Evento no Facebook

Comunicado: Novos vôos para a AMAP

O mês de Julho de 2018 marca um ponto de viragem nas Associações pela Manutenção da Agricultura de Proximidade que estiveram a ser dinamizadas pela associação Moving Cause nos últimos anos.

Com o fim de um estágio parcialmente financiado pelo IEFP, que apoiou o trabalho de facilitação das AMAPs do Porto e Gaia ao longo dos últimos 12 meses, surgiram várias questões, internas e externas, sobre o futuro do projecto AMAP na Moving Cause.

A direção da Associação Moving Cause pretende com o presente comunicado clarificar este assunto, começando por fazer um balanço do projecto das AMAPs na associação, e terminando com algumas perspectivas para o futuro.

Mobilizar a causa das AMAP: uma relação de quatro anos

Desde 2014 que a Moving Cause organizou e promoveu várias iniciativas ligadas com o conceito de AMAP, nomeadamente:

2014-2016 – apoiou a criação e funcionamento da Associação pela Manutenção da Economia de Proximidade (AMEP), uma rede de consumo inspirada nas iniciativas AMAP que introduziu a possibilidade de aquisição de produtos com moeda social em detrimento do euro.

I Encontro Nacional das AMAP, Serralves, Porto (2015). Foto: Ramon
I Encontro Nacional das AMAP, Serralves, Porto (2015). Foto: Ramon. Clique para ver o álbum no Facebook.

2015 – organizou o I Encontro Nacional das AMAPs em Serralves, que juntou duas centenas de consumidores e produtores e organizações de diferentes pontos do país – e onde nasceu o programa O Som é a Enxada, da Rádio Manobras, que até hoje segue divulgando regularmente as actividades da AMAP.

2016 – apoiou a criação das AMAPs de Gaia e Porto, e participou em encontros em Odemira e Abrantes, com outras AMAP do país, que permitiram definir a Carta de Princípios das AMAP portuguesas e as bases para a criação de uma Rede Nacional de AMAPs.

Produtores AMAP no Cantinho das Aromáticas em Gaia (2016)
Produtores AMAP no Cantinho das Aromáticas em Gaia (2016)

2017 – Apresentou o conceito AMAP em diversos eventos e conferências, como a +BIO, Food Futures e Cidade+.

2017/2018 – apoiou a contratação de uma estagiária (através do programa Medidas de Inserção do IEFP) para poder levar a cabo o trabalho de organização de encomendas e facilitação de informação entre produtores e consumidores das AMAPs do Porto e de Gaia. Este estágio não atingiu o objectivo de se auto-financiar e deixou na associação um défice de cerca de 720 euros (ver relatório de contas).

Perspectivas para o futuro das AMAP

As AMAP assentam em três princípios basilares: a relação de escala humana (sem intermediários), a agroecologia e o alimento como bem-comum (e não como mercadoria).

Entendemos que para honrar estes princípios, tanto consumidores como produtores devem assumir “como podem e como sabem” (citando Alfredo Sendim) a co-responsabilidade sobre a gestão e funcionamento de cada grupo de consumo.

Assembleia-Geral AMAP, Dezembro de 2017. Um resumo pode ser ouvido n'O SOM É A ENXADA #62
Assembleia-Geral AMAP, Dezembro de 2017. Um resumo pode ser ouvido n’O SOM É A ENXADA #62

Após o trabalho desenvolvido pela Moving Cause nos últimos anos, que permitiu alavancar novas AMAPs em Portugal, chegou o momento de nos afastarmos do trabalho administrativo e logístico inerente à gestão e facilitação dos projectos locais, e deixar espaço para que os grupos de consumo passem a funcionar de forma mais autónoma, como satélites AMAP.

Mantemos obviamente as portas abertas e a disponibilidade em apoiar e divulgar o conceito das AMAPs, sendo esta uma iniciativa que vai ao encontro dos valores e missão da Associação. Pretendemos, na medida do que nos for possível, continuar a trabalhar para o crescimento e fortalecimento da Rede AMAP.

A pedido de várias produtoras, disponibilizámos algumas das infraestruturas de comunicação e informação por nós criadas, como o website, os emails e as redes sociais. Quem quiser apoiar o trabalho que a associação tem feito (nomeadamente na manutenção destas infraestruturas) e ajudar-nos a fazer crescer projectos como a AMAP, pode associar-se à causa ou fazer um donativo para o IBAN PT50 0033 0000 4537 5584 7020 5 (enviar comprovativo de transferência para info@movingcause.org).

Procurando sempre um caminho de colaboração e entendimento, estamos disponíveis para crescer juntos, aprendendo com os desafios que vão surgindo!

Bem haja!

Cidade+: celebrar a sustentabilidade

O evento que celebra a Sustentabilidade acontece já este fim-de-semana. Esta é a 5ª edição do CidadeMais nos Jardins do Palácio de Cristal, das 10h00 às 20h00, sábado e domingo.
 
Seria mais uma vez um enorme prazer voltar a contar com vocês na sessão de abertura  Conferência “Terra: a Nossa Casa Comum, no Sábado, dia 7 de julho, pelas 10h no auditório da BMAG, e no momento festivo de abertura, com a Batucada Radical, logo a seguir pelas 13h na Alameda das Tílias dos Jardins do Palácio de Cristal.
 
Segue-se o resto da programação com 11 Espectáculos, 9 Aulas Abertas, 21 Oficinas, 5 Visitas Guiadas, 14 Conversas, uma Mostra Empresarial no RedeMais com 14 Projetos, 40 Mercadores e 20 Associações.  

https://youtu.be/K1owa7dg68w

Volta a ser um ponto de encontro para simplificar a sustentabilidade e despoletar a partilha entre pessoas, projectos, autarquias, instituições e empresas. 

Moving Cause no Cidade+

No passado mês de Julho, entre os dias 6 e 9, a Moving Cause esteve presente no evento Cidade + que decorreu pelo quarto ano consecutivo nos jardins do Palácio de Cristal.

Sendo a Moving Cause a associação que acolhe o DaRaíz, grupo organizador do Cidade+, achamos que faria todo o sentido prepararmo-nos e estar presentes neste evento que se tornou num marco para iniciativas ligadas à sustentabilidade e ambiente na cidade do Porto.

Por entre um programa preenchido com conferências, oficinas, aulas abertas e concertos encontra-se o MercadEco, onde produtores locais vendem directamente a consumidores os seus produtos alimentares e de artesanato e onde as associações portuenses de cariz ambiental e social podem também dar-se a conhecer e promover o seu trabalho. Foi aí que “abancamos” com material para venda e com um painel de divulgação dos principais projectos em funcionamento dentro da Moving Cause:

  • Soajo em Movimento Convida
  • AMAP Porto
  • Ser Educação
  • Cidade +

A vizinhança foi boa, tinhamos de um lado a Ass. Terra Solta e do outro a Quinta Musas da Fontinha e entre associados conseguimos nos ir revesando para estar sempre alguém presente na banca que no Domingo contou também com a venda de veggies fresquinhos vindos da Horta da Partilha!

Bem Haja à organização do Cidade+, do mercadEco, associados que apoiaram e a todos aqueles que por lá passaram!