AMAP: Comunicado à imprensa

amap portugal

Serralves acolhe encontro pioneiro pela agricultura de proximidade

Reinventar a relação entre consumidores e produtores através da criação de “sistemas alimentares socialmente responsáveis, economicamente viáveis e ambientalmente sustentáveis” – eis o desafio lançado pelo 1º Encontro Nacional das Associações para a Manutenção da Agricultura de Proximidade (AMAP), que vai juntar em Serralves, no próximo domingo (29/11), uma centena de agricultores, consumidores e redes de distribuição de todo o país, bem como investigadores académicos, organizações da sociedade civil e entidades públicas.

O objectivo é criar uma dinâmica de âmbito nacional para promover, desenvolver e implementar o modelo socioeconómico das AMAP (também conhecido pela sigla em inglês, CSA – Community Supported Agriculture), que assenta numa “parceria direta, baseada na relação humana, entre um grupo de consumidores e um ou mais produtores, onde os riscos, responsabilidades e recompensas inerentes à atividade agrícola são partilhados entre todos, através de um compromisso de longo prazo.”

Estarão presentes actores-chave do sector da agricultura em Portugal, como a Rede Rural Nacional, e também vários grupos dedicados à soberania alimentar, como a “Comunidade de Suporte à Agricultura” dinamizada pelo Projecto 270 em Pinhal Novo, a cooperativa Coolabora, da Covilhã, ou a Associação pela Manutenção da Economia de Proximidade do Porto, que usa uma moeda social para a produção, distribuição e consumo de produtos alimentares. Haverá ainda um painel dedicado a ferramentas que apoiam a agricultura de proximidade, com a apresentação da plataforma Prove – Promover e Vender, e do Portal Nacional de Mercados Eletrónicos de Proximidade (PNMEP), que será lançado em Março de 2016 pela Oikos.

Para introduzir o conceito das AMAP, a primeira intervenção cabe a Samuel Thirion, um dos fundadores da URGENCI, a rede internacional de agricultura apoiada pela comunidade sedeada em França, onde já existem cerca de duas mil iniciativas AMAP, abarcando mais de 300.000 consumidores e produtores.

O mote para a organização deste 1º Encontro Nacional surgiu com a participação da associação Moving Cause no Congresso de Economia Solidária e Transformação em Berlim, em Setembro de 2015, a convite da URGENCI, onde foi escrita colectivamente uma Carta Europeia de Princípios para as AMAP. Este documento será analisado pelos participantes durante a tarde, através de uma dinâmica de trabalho colaborativo que pretende interpretá-lo à luz da realidade local, lançando assim as sementes para a criação de uma Rede Nacional de AMAP.

o som é a enxada - radio manobras
O 1º Encontro Nacional das AMAP é organizado pela associação Moving Cause em parceria com o Serviço Educativo do Parque de Serralves e com o apoio da Urgenci. A cobertura do evento fica a cargo da Rádio Manobras, que fará a transmissão em directo durante a manhã e ao final da tarde. O encontro conta ainda com o patrocínio do Cantinho das Aromáticas, da Agrinemus e do Pão Nosso, e com uma intervençao da Aiai – Ateliers de Iniciativas Artísticas Itinerantes.

Mais informação:
www.movingcause.org | amap@movingcause.org | 919023458 – 938305344

PROGRAMA | 1º ENCONTRO NACIONAL DAS AMAP

Domingo, 29 de Novembro de 2015 | Serralves, Porto

08h30-09h30 | Check-in

09h30-09h45 | Abertura

PRIMEIRO PAINEL: AMAP INTERNACIONAL / Biblioteca do Museu

09h45-10h00 | Apresentação do conceito: O que é uma AMAP/CSA?

                          Samuel Thirion – Fundador da Urgenci (http://urgenci.net)

10h00-10h15 | Declaração Europeia e o encontro de Berlim

                         Pedro Rocha – Moving Cause (https://movingcause.org)

10h15-10h30 | Debate

10h30-10h45 | Intervalo

SEGUNDO PAINEL: AMAP EM PORTUGAL / Biblioteca do Museu

11h00-11h15 | Criar e gerir uma AMAP/CSA

                        Maria Pires e Marta Pinto – AMAP Porto

11h15-11h30 | Carta de Princípios e Rede Nacional – como fazê-la?

                        Pedro Rocha – Moving Cause

11h30-12h00 | A voz dos produtores: experiências AMAP/CSA

                        ChuchuBio – Famalicão (http://www.chuchubio.com)

                        Nuno Oliveira – Guimarães

                        BOA Comunidade Colaborativa – Lisboa (http://boacolaborativa.org/)

                        Projecto 270 – Pinhal Novo (http://projecto270.net/)

                        AMEP – Porto

12h00-12h30 | Debate

TERCEIRO PAINEL  / Biblioteca do Museu

12h30-13h00 | Apresentação do PROVE – Promover e Vender (http://www.prove.com.pt) e do PNMEP – Portal Nacional de Mercados Eletrónicos de Proximidade

13h00-14h00 | Almoço / Quinta Pedagógica de Serralves

DINÂMICA “WORLD CAFÉ” / Quinta Pedagógica de Serralves

14h30-16h30 |  Declaração Europeia, Carta de Princípios e Rede Nacional

                        Mesa 1: Declaração Europeia das AMAP/CSA

                        Mesa 2: Carta de Princípios Nacional

                        Mesa 3: Criação de uma Rede Nacional

16h30-17h00 | Intervalo

17h00-18h00 | Conclusões da dinâmica “World Café” / Biblioteca do Museu

18h00-18h30 | Encerramento

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *