Category Archives: Permacultura

Dicas da Horta

Primeiro cabaz da época 2015/16, directamente da Horta da Partilha (pela mão das agricultoras que posam para a foto) para a cozinha da Cuka (no meio) no Espaço Compasso. O negócio foi fechado usando exclusivamente a moeda Ecosol Porto.
Primeiro cabaz da época 2015/16, directamente da Horta da Partilha (pela mão das agricultoras que posam para a foto) para a cozinha da Cuka (no meio) no Espaço Compasso. O negócio foi fechado usando exclusivamente a moeda Ecosol Porto.

Caros amantes das hortas, jardins e afins,

Iniciamos este Setembro uma secção dedicada aos trabalhos das enxadas e das sementes.

No seguimento da dinâmica que tem marcado os trabalhos na horta da AMEP, queremos partilhar as informações que recolhemos e aplicamos nas nossas actividades!

O tipo de agricultura que desenvolvemos é baseado numa mescla de vários filosofias agricolas: natural, biodinâmica, biológica, convencional sem químicos e outros que tais, e em modo de permacultura. Aprendemos com todos os modos de produção, tendo sempre em mente: cuidar das pessoas, cuidar da terra e a partilha justa dos recursos!

Que esta informação vos seja útil!

SEMEAR

  • ao ar livre e em local definitivo: agrião, cenoura, chicória, coentros, courgette, couve-flor, ervilha, espinafre, feijão, grelo / nabiça, nabo, mostarda, lentilha, rabanete, rábano, rucola, repolho, salsa e segurelha
  • em sementeiras (canteiros): acelga, alface, alho-francês, cebola, cebolinho, cenoura e tomate

Alertamos para o trabalho das sementeiras! Trata-se de uma actividade que requer atenção, dedicação, tempo e tudo o que tivermos para dar. Devemos encarar o local de sementeira (em local definitivo, mas principalmente, nas estufas) tal qual uma maternidade 🙂

PLANTAR

  • morangueiros, couve-penca, couve-galega, couve-flor

Podes encontrar pequenas mudas, prontas para transplantar, em feiras, hortos, cooperativas agrícolas, entre outros estabelecimentos.

COLHER

  • feijão e cebolas maiores

RESERVAR

  • sementes das cebolas maiores

Atenção! Para conservares as sementes lembra-te que a humidade é um factor muito importante. Reserva-as em local fresco e seco, sem contacto com água ou humidade. Caso contrário, é bem provável que apodreçam e percam a sua capacidade germinativa!

Esperamos nós que em Setembro possamos ter “Sol na eira e chuva no nabal”!!

Saudações!

PDC Soajo: cancelado

CURSO CERTIFICADO DE DESIGN EM PERMACULTURA | SOAJO
Projecto AgroEcológico do Soajo (PAES), Parque Natural Peneda-Gerês
De 7 a 19 de JULHO de 2015
Formadores: Yassine Benderra (diplomado pela UK Permaculture Ass.) & Joana Costa
com a colaboração de Duarte Gomes e Arlete Silva
vivência comunitária, aulas práticas e muito mais!
 INSCRIÇÕES NO FUNDO DA PÁGINA! (até ao dia 5 de Julho)

PDC Soajo
É com grande prazer que o PAES vai organizar o Primeiro Curso de Design em Permacultura em pleno Parque Natural Peneda-Gêres, na linda vila de Soajo. Este curso vai servir como lançamento do projecto, com os objectivos de criar uma vivência comunitária, com partes práticas, partilha de conhecimento e experiências.

O curso decorrerá ao longo de 13 dias, será dado em português e os participantes que cumprirem todas as horas de formação obterão um certificado oficial da «British Permaculture Association» de realização de um “PDC – Permaculture Design Course” – o curso de 72 horas criado por Bill Mollison.

soajo-arco-irisPERMACULTURA significa “cultura permanente” e trata de planear habitats humanos sustentáveis. É uma filosofia e uma abordagem ao uso do solo que interliga clima, plantas, animais, ciclos de nutrientes, solo, gestão da água e necessidades humanas em comunidades produtivas e eficientes. Este termo conhece a sua origem com Bill Mollison e David Holmgren, e tem inspirado diversos movimentos sociais na direção de vidas socialmente mais justas e ecologicamente sustentáveis, como é o caso das «cidades em transição» liderado pela primeira vez pelo permacultor Rob Hopkins.

OBJECTIVOS

  1. Ensinar e difundir a Permacultura.
  2. Orientar os participantes num caminho de transformação para a sustentabilidade.
  3. Ensinar a Permacultura nas montanhas do Parque Natural Peneda-Geres.
  4. Desenvolver ferramentas de design que possam ajudar no planeamento, implementação e manutenção de projectos.
  5. Ajudar a impulsionar o Projecto AgroEcológico do Soajo.
  6. Criar uma experiência real de vivência comunitária no campo.

PROGRAMA

  • Chegada dos participantes no dia 7 de Julho por volta das 15:00 para as apresentações, visita guiada aos espaços do curso e instalação de tendas.
  • Dia livre 13 de Julho, não haverá refeições nem actividades
  • Partida no dia 20 de manhã.
  • Horário: 9:30h-13:30h e das 15:00h às 19:00h (podendo estar sujeito a alterações)

CONTEÚDOS

  1. Princípios e éticas da permacultura
  2. Ler a paisagem. Observação dos padrões e ciclos da natureza
  3. Princípios dos ecossistemas, clima e biogeografia aplicados na permacultuta
  4. Princípios de Design: Processo de análise, zonas, plano energético eficiente…
  5. Identificação de recursos. Água no meio envolvente, recolha e conservação de água, energia solar…
  6. Construindo solo saudável: base da estrutura do solo, textura, etc. Estratégias para melhoramento de solos usando adubos verdes, composto, alfombra ( mulch), etc. Controlo da erosão.
  7. Estabelecendo horta em permacultura, florestas de alimentos, Base de como seleccionar e manter os estes sistemas. “ Como produzir mais alimento em pouco espaço” (método bio- intensivo)
  8. Recolha e conservação de sementes
  9. Design de barreiras contra ventos / fogos
  10. Habitações / abrigos saudáveis: seleccionando lugar para a casa. Materiais não tóxicos. Sistemas de construção natural
  11. Tecnologias apropriadas: Casas de banho secas, desidratadores solares, Fornos e fogões em barro (Cob), energias alternativas, reciclagem de materiais.
  12. Estratégias de permacultura urbana.
  13. Introdução ao design de comunidades sustentáveis e eco-vilas. Sistemas de organização em grupo. Economia alternativa, estratégias para uma nação global.

pdc2ÉTICA AMBIENTAL E SOCIAL

O curso pretende apoiar a formação de pessoas mais conscientes, autónomas e resilientes, capazes de agir e inspirar a agir de forma mais justa e sustentável ambiental e socialmente.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

O curso vai ter lugar em três zonas distintas, a zona da cozinha, a sala de aula e a zona de camping.

A alimentação será vegetariana, o mais local possível e/ou biológica. (Caso tenha alguma necessidade alimentar, por favor especifique). O pequeno almoço, o almoço e o CoffeBreak são da nossa responsabilidade, o jantar será preparado pelos participantes

Alojamento em tendas ao encargo de cada participante, casas de banho secas e uma zona de duche solar.

Tarefas de Grupo
A vivência comunitária implica trabalhos de grupo para manter o espaço funcional

  • 19:00 – 20:00: Limpeza e manutenção das casas de banho e da sala de aula; Preparação do Jantar.
  • 21:30 – 22:30: Limpeza e manutenção da cozinha

Material necessário
Tenda, colchão, saco cama (quente que à noite faz frio), lanterna, blocos de notas, canetas, roupa e luvas de trabalho, impermeáveis e galochas (pode chover)

A cada participante será oferecido um sabonete caseiro e haverá pasta dos dentes natural disponível. Como os sistemas de tratamento de água são biológicos, não será permitida a utilização de qualquer tipo de produtos higiénicos que não sejam biológicos.

Como a nível de energia funcionamos apenas com pequenos sistemas fotovoltaicos, podemos não ter capacidade para carregar telemóveis nem computadores.

Zona de fumadores só será permitido fumar nos locais indicados.

A bomba de gasolina mais próxima fica nos Arcos de Valdevez, a cerca de 23km de distância.

Loading…

FICHA TÉCNICA
Programação/Coordenação
Yassine Benderra
Joana Costa
Duarte Gomes
Arlete Silva

PDC Soajo

Curso de Permacultura Braga

CURSO CERTIFICADO DE DESIGN EM PERMACULTURA | BRAGA
 Quinta Pedagógica de Braga, Mosteiro de São Martinho de Tibães
 25 de ABRIL - 28 Junho de 2015
Formadores: Yassine Benderra (diplomado pela UK Permaculture Ass.) & Joana Costa
Formador convidado: Guy Miklos (diplomado pela UK Permaculture Ass.)
 INSCRIÇÕES NO FUNDO DA PÁGINA! FECHADAS

Este curso oferece uma viagem de seis fins de semana alternados pelo mundo da Permacultura, será dado em português e os participantes que cumprirem todas as horas de formação obterão um certificado oficial da «British Permaculture Association» de realização de um “PDC – Permaculture Design Course” – o curso de 72 horas criado por Bill Mollison.

Dentro da cidade, nos espaços da Quinta Pedagógica de Braga e no Mosteiro de Tibães, serão desenvolvidas várias actividades teórico-práticas. O curso conta ainda com formações específicas dadas por formadores convidados, visita a quintas com sistemas de Permacultura e um fim de semana de vivência comunitária, que permitirão visualizar algumas soluções práticas implementadas e partilhar experiências num ambiente natural.

Primeiro Curso de Design de Permacultura no Espaço Compasso, Porto (2012)
Primeiro Curso de Design de Permacultura no Espaço Compasso, Porto (2012)

PERMACULTURA significa “cultura permanente” e trata de planear habitats humanos sustentáveis. É uma filosofia e uma abordagem ao uso do solo que interliga clima, plantas, animais, ciclos de nutrientes, solo, gestão da água e necessidades humanas em comunidades produtivas e eficientes. Este termo conhece a sua origem com Bill Mollison e David Holmgren, e tem inspirado diversos movimentos sociais na direção de vidas socialmente mais justas e ecologicamente sustentáveis, como é o caso das «cidades em transição» liderado pela primeira vez pelo permacultor Rob Hopkins.

OBJETIVOS

  1. Ensinar e difundir a Permacultura.
  2. Orientar os participantes num caminho de transformação para uma vida mais ecológica, sustentável e natural.
  3. Oferecer um curso completo de Permacultura em Português, em horário acessível a quem trabalha.
  4. Ensinar a Permacultura na cidade, proporcionando ainda experiências no campo.

PROGRAMA

O curso decorre aos Sábados e Domingos das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 nas datas indicadas no programa (pdf). Ao longo de mais de 96 horas de atividades, serão abordados os temas fundamentais da Permacultura e dinamizadas muitas experiências práticas.

Clique aqui para descarregar o programa completo (em pdf), incluindo informação sobre o Fim de Semana de vivência comunitária, que permitirá ter aulas de campo, onde é possível observar a implementação prática de várias técnicas abordadas em Permacultura.

pdc2

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Ética Ambiental
O curso tem o intuito de formar pessoas mais conscientes capazes de agir como catalisadores de mudança positiva no sentido da construção de modos de habitar o mundo mais sustentáveis.

Ética Social
O curso é orientado para apoiar a resiliência e estimular a autonomia dos participantes na procura de novas formas de olhar o mundo e na busca de soluções alternativas para resolver os problemas e desafios do dia-a-dia.

Refeições
O almoço encontra-se a cargo dos participantes, sendo no entanto possível a quem o desejar trazer a sua refeição e almoçar informalmente.

Loading…

FICHA TÉCNICA
Programação/Coordenação
Joana Costa e Yassine Benderra (diplomado pela UK Permaculture Association)
Sara Moreira (ass. Moving Cause)

Clica aqui para descarregar o cartaz em pdf.
Clica aqui para descarregar o cartaz em pdf.

Programação em parceria com:
permaculture association

Horta-lá! Permacultura urbana

HORTA-LÁ! Colectivo de permacultura urbana no Porto.
2011-2013: Conceito, logotipo, website, comunicação.

Para além do website hortala.movingcause.org e de uma página no Facebook (horta.la.permacultura.urbana), a troca de ideias e marcação de encontros acontecia através de uma lista de discussão dedicada a práticas ecológicas no jardim da associação Espaço Compasso, e além-quarteirão. O grupo Horta-lá! nos “google groups” ainda está disponível, aqui!

O lançamento do grupo foi anunciado numa newsletter da Moving Cause enviada a Setembro de 2011: “Horta lá! O bairro está convocado“. Em Abril 2012 apoiamos a divulgação de cursos e encontros no Espaço Compasso com a newsletter “A minha pegada é menor que a tua?“.

O Espaço faz-se de encontros, conversas, oficinas, mãos-na-terra, produção e bem-estar. Faz-se de música, também! E muitas vezes a sacholada no jardim mistura-se com a batida da jam session que vem de dentro. Traz as luvas e as galochas: Horta-lá!, ouvir a abundância da Terra!

O colectivo ainda pode ser contactado através do endereço de email hortala at movingcause.org.

Captura de ecrã do website Horta-lá! Permacultura Urbana
Captura de ecrã do website Horta-lá! Permacultura Urbana