All posts by Ser Educação

II Encontro Ser EducAção | Programa

A Associação Moving Cause promove nos dias 7, 8 e 9 de Outubro de 2016, no Soajo, o II Encontro Ser EducAção: serão três dias de encontro para reflectir sobre Ser, Educar e Agir.

Depois do sucesso da primeira edição, que em 2015 juntou mais de 200 participantes de diversas partes do país, este ano o Ser EducAção envolveu-se com a comunidade local e representantes da educação da zona do Minho e Douro Litoral para preparar um programa completo (pdf) com momentos de reflexão e diversão para adultos e crianças.

globetrotterO Encontro começa na sexta-feira à noite com um espectáculo de fogo e a projecção do documentário “Projeto Globetrotter”, filmado em 15 países sobre escolas e comunidades educativas alternativas no mundo.

No Sábado, dia 8 de Outubro, iremos explorar em conjunto os desafios para a Educação através de uma perspectiva EU-NÓS-TODOS e co-criar ideias, protótipos, projectos e soluções de uma forma 100% participativa, guiados pel’O Elefante na Sala.

Em paralelo irão decorrer oficinas que convidam a dar cambalhotas, pintar, soltar rimas, fazer malabarismos, brincar e dançar muito.

Contamos com a Casa das Brincadeiras em Construção, com Animódia, e ainda com um espectáculo da Capicua e Pedro Geraldes para crianças: Mão Verde, “uma dúzia de canções alegres, compostas com sensibilidade e humor, para falar de agricultura, natureza, alimentação e ecologia, numa abordagem tão inteligente quanto espirituosa do imaginário infantil”.

À noite vamos conviver, ouvir as histórias das gentes da Terra, conhecer os seus valores e tradições participando numa roda de fiadeiro, onde vamos escutar cantares e quem sabe também dançar. No Domingo o programa passa por uma caminhada em meditação por uma zona de floresta que ardeu este Verão e por uma acção de reflorestação.

Este encontro conta com o apoio de várias entidades locais: Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Agrupamento de Escolas de Arcos de Valdevez, Casa das Artes, Centro Social e Paroquial de Soajo, Junta de Freguesia do Soajo, Casa do Povo do Soajo, Associação Cultural e Desportiva do Soajo, entre outros.
programa-2encontro

Inscrições | Mais informação | Programa (pdf) | Evento no Facebook

II Encontro Ser Educação

O II Encontro Ser EducAção realizar-se-à de 5 a 9 de Outubro na vila de Soajo em Arcos de Valdevez. aqui o programa completo!

Os dois primeiros dias serão de preparação e montagem do espaço com atividades e convivio incluídos. No fim-semana vamos moldar a ação de transformação educativa que cada um quererá levar consigo.

Tal como numa floresta todos os seres têm a sua função no ciclo da vida, és imprescindível neste Encontro, assim como és!

O Encontro Ser EducAção é um movimento comunitário pela ação e co-criação de uma energia transformadora na Educação com base no Amor, Sustentabilidade e respeito pelo Ser.
O Encontro Ser EducAção é um movimento comunitário pela ação e co-criação de uma energia transformadora na Educação com base no Amor, Sustentabilidade e respeito pelo Ser.

 

Este ano o Ser Educação envolveu-se com a comunidade local e representantes da educação da zona do Minho e Douro Litoral para sonhar o II Encontro. Sendo a educação um dos pilares fundamentais no crescimento integral do Ser, viver em comunidade também o é, por isso crianças e adultos foram chamados a manifestar os seus sonhos e juntos vamos agora experimentá-los!

Desta vez o encontro calha no Outono, é tempo de adubar a terra com o desapego das folhas de tom fogo… Vamos deixar ir o que não precisamos e preservar o que é essencial, desenhando as raízes principais da Educação que vai acontecer. Com debates sobre temas como: Metodologias na sala de aula, Envolvimento da Comunidade na Escola, Educação Artística e Ambiental, Papel Ativo das Crianças e Jovens, gostaríamos de chegar ao registo de um possível prototipo com as nossas visões, que tal como as folhas secas quando caem, será lançado ao vento.

Nesta altura alguns animais armazenam e preparam-se para o inverno, dão os últimos saltos antes de começar a recolher… nós faremos como eles. Vamos construir castelos, dar cambalhotas, soltar rimas, fazer malabarismos e dançar muito. Ao som das primeiras chuvas que anunciam o tempo frio, vamos compartilhar saberes no abrigo aquecido com o calor de cada um, haverá tempo para histórias da terra, para amassar o pão e para cantar numa roda de fiadeiro.

Este ano as cores quentes de Outono terão outros tons nesta Serra que ardeu com o fogo no Verão. Gostávamos de usar estes dias também para unir energias com a Terra e lhe dar o nosso contributo para a regeneração.

Vamos guardar calor em cada um de nós, fortalecendo a nossa fogueira interior e com o impulso de novas perspectivas, vamos unir-nos e preparar-nos para RENASCER !

Este Encontro conta com o apoio de várias entidades locais: Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Agrupamento de Escolas de Arcos de Valdevez, Associação de Pais dos Arcos de Valdevez, Casa das Artes, Centro Social e Paroquial de Soajo, Junta de Freguesia do Soajo, Casa do Povo do Soajo, Associação Cultural e Desportiva do Soajo, entre outros. Bem haja a todos!

Este Encontro é promovido pela Associação Moving Cause e dirige-se a todos os pais, crianças, professores, educadores, e comunidade em geral.

Local do Encontro

O ponto de encontro será na Casa do Povo do Soajo, as atividades irão decorrer em diferentes espaços pela aldeia.

Como chegar de transportes públicos:

pode viajar de comboio e autocarro até Braga. A partir de Braga, há autocarros:

Soajo (com mudança em Arcos de Valdevez): empresa Salvador Alves Pereira (telef braga: 253263453; telef Arcos VV: 258521504)

Alojamento

O alojamento poderá ser feito no parque de campismo de Entre Ambos os Rios a 8 km do centro do Soajo. Neste parque há condições de apoio a caravanas, bugalows e outras possibilidades de alojamento.

Poderá também procurar alojamento local aqui.

Alimentação

Haverá uma equipa a preparar refeições vegetarianas no local do encontro. Na aldeia de Soajo há também três restaurantes onde se pode saborear a gastronomia local, 2 padarias, 3 cafés e 2 mercearias.

Gasolina

É importante saber que os postos de abastecimento de gasolina mais próximos de Soajo se encontram a 23km de distância em Arcos de Valdevez ou a 25km em Lobios, Espanha.

Estacionamento

De forma a não atrapalhar a circulação do transito na aldeia aconselhamos as pessoas a deixarem os carros no largo da feira ao lado dos emblemáticos Espigueiros comunitários do Soajo.

Inscrições : https://bilhetes-ii-encontro-ser-educacao-soajo.eventbrite.pt

Entrada por donativo

O Encontro Ser EducAção é organizado por voluntários que acreditam na necessidade de cultivar uma sociedade mais cooperativa, sustentável e feliz. Este é um Encontro de todos para todos. Para a sua concretização houve um imenso investimento de energia e dedicação por parte da equipa de produção e por todas as pessoas que vêm partilhar os seus saberes nas diferentes oficinas. Os donativos serão utilizados para pagar a todos aqueles que tornaram possível concretizar este Encontro. No caso de excedermos o valor necessário, este será investido em projetos educativos para a Vila do Soajo.

Escolhemos esta modalidade de pagamento porque queremos que cada um colabore de forma consciente e responsável. Pedimos que calculem o vosso donativo tendo em conta:

– a motivação que o/a leva a participar no evento;

– o seu contexto pessoal/familiar e os seus recursos materiais;

– o contexto do evento e relevância atribuída ao mesmo;

– o número de vagas de participantes;

– as despesas relativamente a materiais de comunicação e de logística;

– o tempo e investimento dispendido pelos facilitadores das oficinas.

Desta forma, queremos possibilitar a participação de todos e confiamos que todos cuidem da sustentabilidade deste movimento de transformação.

Inscreva-se! A sua inscrição é um compromisso. Por favor inscreva-se atempadamente para facilitar o trabalho de logística. Se não puder comparecer por favor cancele a sua inscrição para dar lugar a outra pessoa. Obrigada!

Agradecemos que apoiem esta iniciativa, participando e divulgando a quem também gostaria de participar.

Inscrições | Mais informação | Programa completo (pdf) | Evento no Facebook

Retiro de Comunicação Autêntica

retiro comunicaçao

RETIRO DE COMUNICAÇÃO AUTÊNTICA
A descoberta do Eu mais profundo para chegar ao Outro 
23 - 25 Abril 2016 (sábado às 9:00 até segunda as 17:00)
Organização: Moving Cause
Facilitação: Allan Sousa e Sophie Marie / Oxigénio
Inscrições ao fundo desta página! Evento no Facebook

“Non-violence is not the mere abstention from violence, it is about building relationships between human beings.” Gandhi

“Needs are the quickest, closest ways to get into connection and healing.”
Marshall Rosenberg

// O que é a Comunicação Autêntica

Trata-se de um conjunto de ferramentas tal como Mindfulness, Comunicação Não-Violenta (CNV), Deep Ecology e outros que nos ajuda a fazer uma maior descoberta interior para gerar maior clareza, harmonia e fluidez no mundo intra-pessoal, interpessoal e sistêmico.

// Grupo alvo

Todos os interessados em aumentar o seu auto-conhecimento e refletir sobre o impacto da sua comunicação em si e no outro.

Todas as pessoas que queiram conhecer a Comunicação Não Violenta e todas as pessoas que já a conhecem e que a queiram praticar.

// Facilitadores

Somos um casal de Almada que tem como paixão apoiar pessoas e projetos a criar momentos e partilhas onde o Ser Autêntico pode emergir e onde essa expressão autêntica pode ser acolhida como ponto de partida de um grande crescimento e enriquecimento interior e colectivo. Breve biografia de Allan e Sophie.

// Programa dos 3 dias

Comum a todos os dias

  • Início do dia: Momentos de silêncio e/ou meditação
  • Durante o dia: Oportunidades para caminhadas
  • Detox alimentar durante dois dias com gastronomia vegana
  • Final do dia: Círculo de fecho (CNV)
  • Silêncio entre o Círculo de fecho e o pequeno-almoço do dia seguinte

Dia 23

Consoante o pré-conhecimento do grupo, iremos dividir o grupo em dois:

  1. Grupo de iniciação: para todas as pessoas que não conhecem a Comunicação Não Violenta
  2. Grupo de aprofundamento: para todas as pessoas que já frequentaram workshops de CNV

Nesse dia iremos:

  • Ampliar a nossa capacidade de presença e assim fortalecer e as nossas conexões nas dimensões: intra-pessoal (comigo mesmo), inter-pessoal (com o outro), grupal (com os círculos próximos) e sistêmica (com o coletivo e o meio mais ampliado).
  • Aprender a viver o conflito como uma oportunidade de transformação ou maior conexão
  • Criar consciência da nossa linguagem diária, dos seus bloqueios e do seu impacto
  • Conhecer a linguagem de mais conexão ou das necessidades universais
  • Perceber a importância do cultivo da presença
  • Treinar a expressar e escutar mensagens difíceis
  • Ganhar à vontade com CNV usando exemplos de situações reais

Dia 24

  • Manhã: Exercícios de aprofundamento emocional (Deep Ecology)
  • Tarde: Exercícios de auto-compaixão ou auto-escuta (CNV)

Dia 25

  • Manhã: Será co-criado com o grupo em formato Open Space conforme necessidades do grupo (Possiblidade de ofertas: Role-plays de comunicação de casal, pais-filhos, relações profissionais etc.)
  • Tarde (a partir das 15:00): Jogos de Mindfulness e escuta profunda em família (aberto aos companheiros e filhos) + Celebração

// Mais sobre o espaço que nos acolhe

Num vale em Vieira do Minho, rodeados de carvalhos e montanhas, encontra-se a quinta de Ciparros onde a Lilian e o Stephan, um casal de agricultores nos irão receber durante três dias e partilhar a sua simpatia e hospitalidade connosco…para não falarmos nas maravilhas da sua horta biológica!

Esta quinta tem a tranquilidade e beleza necessárias para podermos relaxar, inspirar ar fresco e puro, beber água da fonte e deixar-nos ir neste processo de aprendizagem e crescimento interior, com a intenção de melhorar a nossa auto-confiança, o respeito por nós e pelos outros, aprofundar o nosso sentido de conexão com o que nos rodeia e encontrar paz interior.

// Valor de Contribuição

Ideal = 205 € (Apoia a expansão do projecto oxigénio e do espaço)
Real = 185 € (Contribui para uma remuneração mínima dos organizadores, facilitadores e cobre os custos do espaço)
Mínimo = 165 € (Cobre os custos da organização, facilitadores e espaço)

Para que cada um possa dar de acordo com a sua capacidade e vontade…

Inclui:

  • Estadia em espaço partilhado: numa casa redonda com forno a lenha para aquecimento ou numa pequena casa em forma de pirâmide (sem aquecimento), quem preferir pode também acampar no terreno.
  • Balneários com duche quente.
  • Refeições (pequenos almoços, almoços, jantares) desde o pequeno almoço de Sábado até almoço de Segunda. Chás e fruta sempre disponíveis. Todas as refeições serão vegetarianas/veganas, maioritariamente biológicas e/ou locais. Se alguém tiver alguma necessidade especial de alimentação deve avisar a equipa da cozinha.

Será necessário cada participante trazer saco cama e colchonete (se precisarem de colchão avisem pois há a possibilidade de arranjar alguns na quinta)

Há a possibilidade para quem quiser de chegar na sexta feira à noite.

// Inscrições

Abaixo, ou através deste link.

Após inscrição iremos enviar os dados para pagamento através de transferência bancária, agradecemos pagamento de 50% para validar a inscrição, os restantes 50% deverão ser pagos na chegada à quinta.

// Como chegar ao local

A Quinta de Ciparros: Bem situada no “penico do Minho” tem água de quatro fontes – água pura é garantida! Fica sozinha num altinho, ao pé da Serra da Cabreira e com o Parque Nacional Peneda-Gerês ao alcance da vista. Não se vê os vizinhos, pois o espaço de 11 ha é rodeado por árvores autóctones, o que cria um ambiente acolhedor. Erigida em granito, séculos atrás, a quinta já foi habitação para várias gerações que deixaram seus rastos. Hoje em dia é conhecida também como Montezurra. Nome da associação levada por um pequeno grupo de pessoas que estima e cuida este belo espaço.

De carro

  1. Em Braga vais em direcção Chaves na N103
  2. Depois de +/- 30 km estás em Cerdeirinhas/Tabuaças, aí tem uma rotunda onde viras para a direita onde diz “Vieira do Minho”
  3. em VM passas o Pingo Doce, duas gasolineiras e uma rotunda. Na próxima rotunda sair na primeira (direcção “Ermal”)
  4. depois de 50 m tem uma passadeira, logo depois viras à direita para cima (sobe muito)
  5. continuas sempre nessa estrada +/- 2 km, passas pela estação de águas do Ave e mais tarde por umas Alminhas no lado direito
  6. 50 m depois das Alminhas viras à direita a subir num caminho de terra batida, “Rua de Ciparros”
  7. 50 m depois viras num caminho mesmo pequeno à esquerda, seguindo o muro de pedra
  8. continuas por aí 200 m até chegar a Ciparros (fica no final do caminho, existem duas casas antes de Ciparros!)
  9. podes estacionar depois da rotunda com o castanheiro no centro

É possível chegar a Vieira do Minho através de autocarro.

Os horários dos transportes

  • Porto – Braga: descarregar pdf.
  • Braga – Vieira do Minho: ver horários.
    Nota: em “Cham (X)” =Tabuaças=Cerdeirinhas é preciso mudar de camioneta para Vieira do Minho (viagem de 5 min.)

Loading…

Ser Educação: Relatório

ser educação 2015 soajo

Bom ano!

Gostávamos de celebrar convosco a conclusão do Encontro Ser EducAção de 2015!

Conseguimos ainda antes do final do ano receber o apoio angariado que faltava e desta forma pudemos fechar o orçamento transparente que partilhamos agora!

Cobrimos as despesas de deslocação e alimentação dos dinamizadores, pagamos espaços, logísticas e serviços. A alimentação dos voluntários também foi coberta. Relativamente aos elementos da organização, conseguimos garantir parte do valor das deslocações, alimentação e dedicação demonstrada. O excedente angariado reverteu para o projeto Terra das Crianças do Soajo.

Espreitem o orçamento para informações mais detalhadas! 
→ Relatório Transparência_Ser Educação_2015.pdf

Conseguimos estes resultados graças à contribuição de todos: da equipa da organização, do conjunto de dinamizadores e voluntários e todas as pessoas que participaram neste Encontro. A todos e todas um grande bem-haja!

Novidades para 2016:

O Ser EducAçao continua ativo. Na última semana do ano estivemos juntos a sonhar e a planear os próximos passos a dar para a celebração do próximo Encontro!! Vamos continuar a sonhar com vários grupos da comunidade local e com todos os que sentirem o apelo de se juntar. Não vão faltar oportunidades para virem ao Soajo:

30/31 Jan e 27/28 Fev
Permacultura na Educação
com Joana Costa e Filipa Leite
Inscrições | evento no Facebook

2/3 e 9/10 de Abril
Recreio: espaço lúdico de aprendizagem e de prazer
com Casa das Brincadeiras em Construção

23, 24 e 25 de Abril
Retiro de Comunicação Autêntica
Inspirado no Mindfulness e na Comunicação Não-Violenta
com projeto Oxigénio

14, 15 e 28, 29 de Maio
Pedagogia Montessori no dia-a-dia
com Joana Rebelo

2, 3 e 4 Setembro
II Encontro Ser EducAção
Local: Soajo :: Arcos de Valdevez

Inscrições e Informações:
https://www.movingcause.org
sereducacao@gmail.com

Formação: Pedagogia da Autonomia

CICLO de FORMAÇÃO | Ser EducAção
Metodologia de Trabalho de Projeto: Pedagogia da Autonomia
DESTINATÁRIOS: Professores, e todos os interessados em Educação
CARGA HORÁRIA: 22h
LOCAL: Vila de Soajo – Arcos de Valdevez
DATAS: 21 Novembro – 10:00 – 19:00
dia 22 de Novembro – 10.00 – 13.00
dia 5 de Dezembro – 10.00 – 19:00
dia 6 de Dezembro – 10.00 – 13.00
INSCRIÇÕES AQUI!

ilustração ser educaçãoO Ser EducAção promove esta formação teórico-prática em Metodologia de Trabalho de Projeto, com a intenção de renovar as práticas na sala de aula, recorrendo a metodologias que promovam a motivação, a autonomia, a cooperação, a resolução de problemas e o desenvolvimento integral dos alunos e comunidade educativa.

OBJETIVOS

  • Compreender quais os contributos da metodologia de trabalho de projeto (MTP) no processo de ensino e aprendizagem;
  • Compreender o papel da criança, o papel do adulto/educador e da organização do ambiente educativo na MTP.
  • Considerar a importância da interdisciplinaridade e da articulação dos conhecimentos, sem uma rigidez na ordem e forma de compreensão pelos alunos.
  • Compreender a importância do trabalho em equipa como uma proposta entusiasta de ação.
  • Desenvolver competências enquanto professor facilitador (orientador educativo) que possibilitem uma melhoria progressiva da sua autonomia e ampliação da sua competência no ensino.
  • Saber criar ambientes e/ou espaços escolares abrindo possibilidades para uma aprendizagem autónoma e responsável.
  • Desenvolver competências de planificação de atividades, objetivos, estratégias e avaliação seguindo a MTP.
  • Compreender a importância do envolvimento da família e comunidade para um projeto educativo de sucesso.

FORMADORA
Maria de Fátima Macedo Alves

Com habilitação para a docência do Ensino Básico -Curso de Professores do Ensino Básico 2.º Ciclo na variante de Educação Visual e Tecnológica, pela ESEF
Pós graduação em Teorias da Arte, pela U L – Faculdade de Belas Artes.
Pós graduação em Gestão de Bibliotecas Escolares, pela ESEIG – Politécnico do Porto
Professora do Ensino Superior na Escola Superior de Educação de Fafe (1999-2003)
Professora de EVT e 1º ciclo nas escolas de Ensino Público (1999-2015)
Formação e prática na área do teatro para a infância, artes circenses, teatro de rua, conto e dramatização de histórias.
Organização de seminários e orientação de ateliês na área do design, pintura, desenho, azulejaria, desenho e cerâmica.
Detentora de várias formações integradas no plano de formação contínua de professores.
Gerente associativa em Associações de Educação pelas Artes.
Dinamizadora na Comunidade de Aprendizagem Gomos da Tangerina.

INSCRIÇÕES
Entrada por Donativo Consciente:
Queremos que esta formação seja acessível a todos os que queiram participar. Acreditamos que com a contribuição consciente de todos, conseguiremos cobrir todos os custos envolvidos na dinamização desta Formação. Os excedentes angariados reverterão a favor do projeto de Comunidade de Aprendizagem desenvolvido na EB1 do Soajo. Todos os participantes terão acesso a Relatório de Transparência, com orçamento previsto e distribuição de donativos. Agradecemos desde já a contribuição de todos.

MAIS INFORMAÇÕES
sereducação@movingcause.org

INSCRIÇÕES
Através do website eventbrite (clique aqui!).

Afinal outra educação é possível

Foto: Patrícia Neto
Foto: Patrícia Neto

Afinal outra educação é possível
Famílias, Crianças e Educadores/as Aprendem sobre Educação
Escrito por Eunice Macedo & Sofia Santos (English version: After all there is hope)

O evento Ser EducAção teve lugar nos dias 4, 5 e 6 de Setembro na pequena vila do Soajo, Gerês, no interior norte de Portugal. Participaram jovens pais e mães com as suas crianças, e jovens – e não tão jovens – educadores/as com interesse numa educação alternativa.

O encontro teve por objetivos refletir acerca de ‘como ser’, educar e agir na educação no sentido de providenciar – ou ser parte de – uma aprendizagem significativa. Destacamos da brochura do evento as intenções expressas de promover uma educação holística, participativa e sustentável; reforçar as redes entre famílias, educadores/as, crianças, projetos, residentes, serviços e organizações da comunidade na região norte de Portugal; contribuir para a criação de uma comunidade de aprendizagem no Soajo; dar visibilidade aos costumes da vila e ao seu desenvolvimento local. Estes objetivos surgiam de par com a oportunidade de explorar a natureza grotesca da região e de tirar partido de um fim-de-semana libertador, com lugar para a tomada de consciência e a inspiração (sereducacao.eventbrite.pt).

Design: Nuria Barreiras
Design: Nuria Barreiras

O ambiente era alegre e os debates tudo menos aborrecidos. Crianças e adultos brincavam por ali. Não havia gritaria nem necessidade de medidas disciplinadoras para manter as crianças sossegadas. Elas estavam a também divertir-se. Encontros informais e grupos de discussão, círculos de partilha e apresentações de projetos eram combinados com tempo para brincar e fazer caminhadas. Oficinas acerca de formas de aprender que apelam às emoções e ao corpo como um todo, como sensor integral para a aprendizagem, deram um toque particular ao evento.

Indo além do foco na transmissão de conteúdos definidos centralmente pelo sistema educativo nacional, na linha das orientações europeias, estas atividades provaram ser extremamente bem-sucedidas. Pessoas diversas com interesses diversos enriqueceram o evento fazendo parte do debate e defendendo as suas próprias experiências e crenças acerca da educação, vista como parte integrante da vida.

Sessão sobre Educação Libertária. Foto: Sara Moreira
Sessão sobre Educação Libertária. Foto: Sara Moreira

Algumas das pessoas presentes foram entrevistadas por duas investigadoras, convidadas para observar, ouvir, participar nas sessões e falar com as pessoas, no sentido de compreender e analisar as suas visões e expectativas. Na tensão entre a educação “que temos” e a educação “que queremos”, as principais preocupações expressas pelas pessoas entrevistadas relacionam-se com a existência de uma educação centrada no adulto que é surda e muda em relação à vida e às pessoas. A reclamação de uma educação holística baseada na participação na tomada de decisão, liberdade, realização pessoal e o amor pelas outras pessoas e pela mãe Terra foi a que se tornou mais evidente perante os nossos olhos.

Somos surpreendidas pelo olhar questionador das pessoas locais, sentadas no café central da aldeia. Quem são estes estranhos/estrangeiros? O que fazem aqui? Parecem ser as perguntas que os seus rostos levantam. Após algum tempo, talvez seduzidos pelas crianças estranhas e felizes e pelas oficinas centradas em tradições locais como tecer – com que as mulheres locais levaram participantes de fora da terra a por as mãos na aprendizagem – a distância entre locais e visitantes foi sendo reduzida. Parece ainda haver um mundo inteiro entre estes dois mundos diferentes que parecem viver o séc. XXI a velocidades distintas.

Fiadeiras. Foto: Sara Moreira
Fiadeiras. Foto: Sara Moreira

Promovido pela Associação Moving Cause e pelo Projeto Manta do Gato, este evento envolveu um leque amplo de entidades como o Projeto Escola Viva da Academia José Moreira da Silva, Cooperativa dos Pedreiros, o Centro de Investigação e Intervenção Educativas da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e o Instituto Paulo Freire de Portugal, para referir apena um muito pequeno número. A inscrição por donativo (consciente) foi outro aspeto interessante deste encontro que queria atrair todas as pessoas e que foi construído com base na confiança.

A título de síntese podemos dizer que o evento atingiu os seus objetivos e foi mais além. Afinal, há esperança para a educação e outro mundo parece ser possível.

IMG_2007
Foto: Sara Moreira